Economia de Chapecó é resiliente em momentos de crise

Retomada da economia no município é mais rápida do que a média dos municípios brasileiros e catarinenses. Dados foram apresentados por economista em palestra do Núcleo Multissetorial da ACIC





O Núcleo Multissetorial da Associação Comercial e Industrial de Chapecó (ACIC) promoveu palestra com o tema "Economia de Chapecó: dinâmica e perspectivas". O economista e professor do curso de Economia da Unochapecó, Márcio da Paixão Rodrigues, explanou sobre o assunto para um grupo de empresários na última semana.

Rodrigues frisou que para entender o que pode acontecer no futuro, é importante analisar o passado e avaliar como a economia de Chapecó tem reagido diante das crises que assolaram o Brasil. Na recessão de 2015 e 2016, houve no País uma forte queda da produção industrial, aumento do desemprego, inflação elevada e baixa competitividade.

"Antes da crise Chapecó tinha uma dinâmica de crescimento. Porém, em 2015 o saldo de empregos foi negativo, com 2.565 demissões", relatou o economista. A partir de 2017 a geração de empregos aumentou: foram 1.593 naquele ano, 1.652 em 2018 e 5.302 em 2019, acima das expectativas. Chapecó estava em 13º lugar no ranking brasileiro de geração de empregos. "Isso é um fenômeno local, extremamente importante para a economia", frisou Rodrigues.

Nos três primeiros meses de 2020 o saldo de empregos continuou positivo. Com a pandemia, as demissões chegaram a 1.702 em abril, continuando negativas em maio. Mas a partir de junho a geração de empregos voltou a ter saldo mensal positivo, até dezembro, quando a nova onda de covid-19 fez despencar o índice novamente, com 656 demissões. "Mesmo assim, o saldo anual de Chapecó foi positivo, com geração de 4.488 vagas de trabalho. Foi o 14º município brasileiro que mais gerou empregos em 2020 e o terceiro em Santa Catarina, atrás apenas de Joinville e São José. Isso demonstra a força da economia do município que tem uma base muito forte no agronegócio", analisou Rodrigues.

De acordo com o economista, com esse resultado Chapecó passou a fazer parte do seleto grupo de 1% dos municípios brasileiros que mais gerou empregos em 2020. "No acumulado do ano, a geração de empregos tem representado um acréscimo de renda e não decréscimo como a maioria dos municípios brasileiros apresentaram, com geração de renda de R$ 8 milhões por mês e R$ 96 milhões no ano".

 Ao analisar o cenário nacional, Rodrigues observou que o PIB caiu 4,1% em 2020, a maior queda em 30 anos e o terceiro pior resultado anual da história da economia do Brasil. Por outro lado, o PIB do agronegócio teve participação de 26,6% no PIB brasileiro no ano passado. "As projeções para o PIB do País eram piores, previam queda de 8% a 9%, ou seja, apesar do resultado negativo, a expectativa era muito pior. Já o agronegócio cresceu 2%, enquanto o setor de serviços foi o mais afetado pela pandemia e será o que mais vai demorar para se recuperar. A indústria de alimentos é o segmento que está fortalecendo o PIB".


PROJEÇÕES

O economista apresentou o cenário da pandemia em Chapecó, com média móvel de casos de covid-19 e óbitos. Ele fez uma projeção, considerando que o pior momento da pandemia passou: neste ano o saldo de empregos deve ser positivo, com novas 5,6 mil vagas de trabalho e geração de renda de R$ 9,5 milhões/mês e R$ 114 milhões/ano.

Para Márcio da Paixão Rodrigues, a economia de Chapecó é menos dependente do auxílio emergencial, o consumo das famílias mantém a expectativa de aumento a médio prazo e o ambiente é favorável, a médio prazo, para impulsionar o investimento privado. O economista acredita na retomada da economia de maneira mais rápida do que a média dos municípios brasileiros e catarinenses, com perspectivas de um ciclo virtuoso de crescimento. "A economia de Chapecó tem resiliência. Muita coisa dependerá do cenário político, mas o agronegócio dará sustentação", enfatizou.

Além disso, Rodrigues sublinhou que há um forte movimento de inovação. "Para planejar o futuro é sempre importante analisar o passado, mas tem uma coisa que não está no passado que é a inovação em Chapecó. Há um movimento grande e consistente. Os empreendedores precisam ficar atentos para não perder essa onda que trará muitas oportunidades", concluiu.

 O coordenador do Núcleo Multissetorial, Thiago Rocha de Quevedo, comentou que o grupo empresarial congrega empresas de diversos segmentos e que a palestra contribuirá com os empresários neste momento de pandemia. "É um período de incertezas e o economista apresentou conjecturas econômicas que contribuem para tomar melhores decisões".



Chapecó vacina idosos com 66 anos e abre para a faixa de 65 anos no sábado

Nesta sexta-feira a Vigilância Epidemiológica de Chapecó está vacinando a faixa de 66 anos e, com a chegada de mais um lote de vacinas, abriu a vacina...

Administração prorroga vencimentos de tributos

A Administração Municipal de Chapecó publicou nesta quinta-feira o decreto 40.527 prorrogando o pagamento de tributos previstos para abril e maio. Com...

OSB Chapecó promove Assembleia Geral de Prestação de Contas

O Observatório Social do Brasil (OSB) de Chapecó promove, no dia 22 deste mês, a partir das 19 horas, de forma virtual, Assembleia Geral Ordinária de ...

Vereador propõe moções que defendem liberdade econômica

Na primeira semana de sessões ordinárias do mês de abril, os parlamentares votaram e aprovaram diversas matérias. Entre elas, três moções de apelo de ...

Lançado o Centro Pós-Covid em Chapecó

Durante a vinda do presidente Jair Bolsonaro a Chapecó, o prefeito João Rodrigues lançou um novo serviço de saúde, o Centro Especializado em Reabilita...

Vacinação para 66 anos será nesta sexta-feira

Será nesta sexta-feira a vacinação contra a Covid-19 para quem tem 66 anos completos. O agendamento está disponível no site da Prefeitura (www.chapeco...

Fapesc abre inscrições para 30 bolsas de R$ 4 mil para gestão de projetos

Já estão abertas as inscrições para atuar no Núcleo de Projetos Setoriais (NUPROJ), organizado pelo Escritório de Gestão de Projetos de Santa Catarina...

Bolsonaro afirma que Chapecó é exemplo no combate ao Covid-19

Na manhã desta quarta-feira, 07 de abril, o Presidente da República Jair Bolsonaro, realizou nova visita à Chapecó. Acompanhado por uma comitiva minis...

Moção reconhece programa do BRDE voltado às empreendedoras

Na primeira sessão ordinária do mês de abril realizada na segunda-feira, 05 de abril os parlamentares aprovaram proposição, endereçada à Diretora-pres...

Entrevistas serão retomadas no Balcão de Empregos

A partir desta semana serão retomadas as entrevistas das empresas no Balcão de Empregos, que estava suspenso desde o agravamento da pandemia em Chapec...

ACIC na Casa do Associado

Expor as ações da Associação Comercial e Industrial de Chapecó (ACIC) e conhecer melhor as demandas das empresas. Esse é o objetivo da entidade com o ...

Gapa Chapecó realiza reunião para criar Grupo de Apoio às Pessoas Atingidas pela COVID-19

Nesta segunda-feira, 05 de abril,  o Gapa Chapecó realizará uma reunião on-line, às 19h, pelo Google Meet e convida interessados (as) a participar e, ...